Instagram

12 dezembro 2011

Passos não gosta da "classe média".


Consultas mais caras.
Com o aumento das taxas moderadoras nos Hospitais e Centros de Saúde, Passos dá mais um passo no caminho do empobrecimento, sobretudo, de uma anoréctica "classe média". Sabíamos, por sua voz, que todos os males deste país se situavam na obesidade encontrada no Estado. O que não sabíamos era que a doença detectada se encontrava nos anorécticos utentes do SNS.
Passos não gosta da "classe média". Não gosta mesmo nada daqueles que o sustentam ou que o sustentaram.
Passos Coelho avisa "que ainda há margem para mais aumentos das taxas no futuro".

***