Instagram

29 fevereiro 2012

A "Bola de Cristal" de Passos Coelho



O que é que podemos esperar de um primeiro-ministro?
Pedro Passos Coelho reiterou que não espera adoptar "medidas adicionais" de austeridade.
Quando questionado sobre a hipótese de maior austeridade para fazer face aos desvios inesperados das contas públicas o PM foi peremptório: "Eu espero bem que não. Não tenho nenhuma bola de cristal. Como presidente do PSD ou como primeiro-ministro não me anuncio como um profeta".
Ora, o que faz falta ao Primeiro-ministro é a “bola de cristal” de Carlos Moedas, que tudo sabia e como tudo se devia fazer.




***


25 fevereiro 2012

Kurt Schwitters, Ursonate





Kurt Schwitters



Kurt Schwitters (1887-1948) um dos mais profícuos artistas dadaístas. A Arte é a vida, a Arte é DADA.
Os movimentos artísticos depois do "Dadaísmo" não passam de epifenómenos artísticos.


* * *


24 fevereiro 2012

"Era um redondo vocábulo"




Zeca Afonso no Coliseu de Lisboa. "Era um redondo vocábulo", talvez um dos melhores poemas de Zeca.

Era um redondo vocábulo
Uma soma agreste
Revelavam-se ondas
Em maninhos dedos
Polpas seus cabelos
Resíduos de lar,
Pelos degraus de Laura
A tinta caía
No móvel vazio,
Congregando farpas
Chamando o telefone
Matando baratas
A fúria crescia
Clamando vingança,
Nos degraus de Laura
No quarto das danças
Na rua os meninos
Brincando e Laura
Na sala de espera
Inda o ar educa







* * *

23 fevereiro 2012

Top 10 dos pintores

Zhang Daqian (1899-1983)
Mount Lu


Zhang Daqian, pintor, chinês, segundo a lista da artprice, foi o artista mais vendido em 2011.
De acordo com a lista publicada pelo DN entre os dez mais vendidos seis são chineses:

1 - Zhang Daqian (1899-1983 - chinês) - 554, 53 milhões de dólares
2 - Qi Baishi (1864-1957 - chinês) - 510,57 milhões
3 - Andy Warhol (1928-1987 - norte-americano) - 325,73 milhões
4 - Pablo Picasso (1881-1973 - espanhol) - 314,46 milhões
5 - Xu Beihong (1895-1953 - chinês) - 221,33 milhões
6 - Wu Guanzhong (1919-2010 - chinês) - 212,62 milhões
7 - Fu Baoshi (1904-1965 - chinês) - 183,63 milhões
8 - Gerhard Richter (nasceu em 1932 - alemão) - 175,67 milhões
9 - Francis Bacon (1909-1992 - anglo-irlandês) - 129,19 milhões
10 - Li Keran (1907-1989 - chinês) - 104,95 milhões


***



"O que faz falta"...

José Afonso, Coro Dos Tribunais, 1974

Zeca Afonso (1929-1987) faz hoje 25 anos da sua morte e o que faz falta...

_ _ _


Quando a corja topa da janela
O que faz falta
Quando o po que comes sabe a merda
O que faz falta
O que faz falta avisar a malta
O que faz falta
O que faz falta avisar a malta
O que faz falta
Quando nunca a noite foi dormida
O que faz falta
Quando a raiva nunca foi vencida
O que faz falta
O que faz falta animar a malta
O que faz falta
O que faz falta acordar a malta
O que faz falta
Quando nunca a infncia teve infncia
O que faz falta
Quando sabes que vai haver dana
O que faz falta
O que faz falta animar a malta
O que faz falta
O que faz falta empurrar a malta
O que faz falta
Quando um co te morde a canela
O que faz falta
Quando a esquina ha sempre uma cabea
O que faz falta
O que faz falta animar a malta
O que faz falta
O que faz falta empurrar a malta
O que faz falta
Quando um homem dorme na valeta
O que faz falta
Quando dizem que isto tudo treta
O que faz falta
O que faz falta agitar a malta
O que faz falta
O que faz falta libertar a malta
O que faz falta
Se o patro no vai com duas loas
O que faz falta
Se o fascista conspira na sombra
O que faz falta
O que faz falta avisar a malta
O que faz falta
O que faz falta dar poder a malta
O que faz falta


***

22 fevereiro 2012

"Time Capsules", Andy Warhol

Time Capsules at The Andy Warhol Museum, Pittsburgh

Andy Warhol morreu no dia 22 de Fevereiro de 1987. Faz hoje 25 anos. O "papa da Pop" fez de tudo um pouco no âmbito artístico: filmes, fotografia, pintura, etc.
Os arquivos de Warhol Time Capsules são, porventura, a obra menos conhecida. “Este trabalho em série, abrangendo um período de trinta anos a partir da década de 1960 até sua morte em 1987, é composto de 612 recipientes (principalmente caixas de papelão de tamanho padrão), que Warhol, no início de 1974, preenchido, selado e enviado para armazenamento. Warhol usou estas caixas para gerenciar a quantidade impressionante de material que rotineiramente passaram pela sua vida. Fotografias, jornais e revistas, cartas de fãs, de negócios e correspondência pessoal, obras de arte, imagens de origem para o trabalho de arte, livros, catálogos de exposições, e mensagens telefónicas, juntamente com os objectos e inúmeros exemplos de coisas efémeras, tais como anúncios para leituras de poesia e convites para jantar, foram colocados em uma base quase diária em uma caixa mantida convenientemente ao lado de sua mesa”.


***


Lana Del Rey, Video Games





* * *


20 fevereiro 2012

Bobos, pategos e outros tantos foliões.


Bombos, “matrafonas”, gigantones e corpos desnudados em climas agrestes estiveram a brincar ao carnaval. Os desfiles carnavalescos estão tão enraizados na cultura portuguesa como o “Pai natal” nas praias australianas. Não fora, algumas brincadeiras muito pontuais, como os caretos transmontanos e outras tantas manifestações de carácter grotesco do triunfo da liberdade e da celebração da vida na sua forma pura, os desfiles de Carnaval organizados pelas mais diversas autarquias não são mais do que a ridicularização ou a suspensão da cultura de um povo que se opõe à sua seriedade.
caretos transmontanos

A vaia ao primeiro-ministro não passou de um ensaio carnavalesco. Pedro Passos Coelho desfilou, neste domingo de Carnaval, o seu corso em Gouveia durante uma visita à Feira do Queijo. Afinal, Passos também desfila: "o primeiro-ministro tem de estar preparado para tudo” afirmou o chefe do Governo.
Entre forte ruído, insultos e palavras de ordem contra a austeridade imposta pelo FMI, o primeiro-ministro dirigiu-se aos “foliões” desempregados, tendo falado com alguns deles por breves momentos: “o próximo ano vai aumentar o desemprego mas nos anos seguintes ele vai diminuir”.
Pedro Passos Coelho disse ainda que é preciso andar na rua e “falar com as pessoas”, acrescentando que há quem aproveite “estas ocasiões, para, de forma preparada e ensaiada”, protestar. “Reajo [aos protestos] com grande naturalidade. É carnaval, ninguém leva a mal!

***


18 fevereiro 2012

Hoje não há crónica...

Às nove horas e quinze minutos do dia 18 de fevereiro o autor festeja o seu feriado particular...


* * *

17 fevereiro 2012

"Custe o que custar!"


O Governo quer liberalizar despedimentos.
O Governo quer despedir trabalhadores da Função Pública.
O Governo quer restruturar as empresas de serviço público fazendo cortes e despedimentos.
O Governo quer…
“O Estado acaba de injectar 600 milhões de euros no BPN, no âmbito do aumento de capital da instituição previsto no Orçamento do Estado de 2011 e que faz parte das condições de venda do banco acordadas (40 milhões) com o BIC”. (Jornal deNegócios)
Alguém pode explicar este negócio?

E depois os “piegas” somos nós!



***

16 fevereiro 2012

Irina Shayk e o lado selvagem


Irina Shayk





Irina Shayk (namorada de Cristiano Ronaldo) foi escolhida para desfilar em fato-de-banho para a revista Sports Illustrated nas magníficas paisagens de África. Gostamos sinceramente do lado selvagem…






***


15 fevereiro 2012

Ofertas, presentes e outras formas de "desenrascar"

Ficámos atónitos em saber, pela pena da Sr.ª. Ministra da Justiça, que aquele favorzito numa qualquer repartição estatal pode ser “presenteado” por uma pequena quantia “num valor máximo de 150 euros, sempre registada”. Assim, os Funcionários Públicos ficam sujeitos a um Código de Conduta e Ética que estabelece e regulamenta os presentes e bens recebidos, em virtude das funções desempenhadas.
Pasme-se que o artigo 18º do “Estatuto Disciplinar” dos funcionários públicos (Lei nº58/2008, de 9 de Setembro) em vigor determina que “qualquer trabalhador que receba o que quer que seja leva um processo disciplinar, que pode dar despedimento”. Segundo notícia do Público, os trabalhadores devem ser despedidos sempre que “solicitem ou aceitem, directa ou indirectamente, dádivas, gratificações, participações em lucros ou outras vantagens patrimoniais, ainda que sem o fim de acelerar ou retardar qualquer serviço ou procedimento”.
Descortinamos que os funcionários públicos para fazerem face aos cortes salariais infringidos pelo Governo possam, legalmente, “desenrascar” um favorzito à boa maneira portuguesa.
Chamem a TROIKA!


***


Kurt Schwitters, A Ana Flor


Kurt Schwitters (1887 – 1948)

A ANA FLOR – Um poema Dadaísta


A ANA FLOR (1920)

Ó tu, bem-amada dos meus vinte e sete sentidos, amo-te!
Tu teu tu a ti eu a ti tu a mim-Nós?
Isso (diga-se de passagem) não é daqui.
Quem és tu, inumerável fémea? Tu és – és tu? –
Há quem diga que deves ser – deixa-os dizer, os que não sabem
como o campanário está de pé.
Trazes um chapéu nos teus pés e andas com as
mãos, com as mãos é que tu andas.
Olá roupas vermelhas e tuas, justas em pregas brancas. Vermelha
te amo, Ana Flor, vermelha a ti amo – tu teu tu a ti eu a ti tu a mim –
Nós?
Isto (diga-se de passagem) pertence ao fogo frio.
Vermelha flor, vermelha Ana Flor, que diz a gente?
Tema de concurso:       
1. Ana Flor tem um passarinho.
2. Ana Flor é vermelha.
3. De que cor é o passarinho?
Azul é a cor do teu cabelo louro.
Vermelho é o arrulho do teu pássaro verde.
Tu, simples rapariga com o vestido de todos os dias, tu querida verde
criatura, amo-te – tu teu tu a ti eu a ti tu a mim –
Nós?

***







14 fevereiro 2012

Desacordo ortográfico

Fonte: Público online

São várias as vozes contra o Acordo Ortográfico alcançado. Já não bastava as vozes dissonantes com competência linguística a denunciar este acordo como também, segundo notícia do jornal O Público, Ivo Miguel Barroso, professor da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, “considera que utilizar a Língua Portuguesa segundo as normas do novo Acordo Ortográfico é “inconstitucional” e apresentou queixa na Provedoria de Justiça”.
Junto a minha voz às restantes pessoas que não se reconhecem neste Acordo Ortográfico: clique em MANIFESTO

***


Explicação da Eternidade



devagar, o tempo transforma tudo em tempo.
o ódio transforma-se em tempo, o amor
transforma-se em tempo, a dor transforma-se
em tempo.

os assuntos que julgámos mais profundos,
mais impossíveis, mais permanentes e imutáveis,
transformam-se devagar em tempo.

por si só, o tempo não é nada.
a idade de nada é nada.
a eternidade não existe.
no entanto, a eternidade existe.

os instantes dos teus olhos parados sobre mim eram eternos.
os instantes do teu sorriso eram eternos.
os instantes do teu corpo de luz eram eternos.

foste eterna até ao fim.

José Luís Peixoto, in "A Casa, A Escuridão"






***

Madonna, Like a Player

Photography B. Akerlund, in V magazine

Madonna, de cinquenta e três anos, apresentou-se na final do Super Bowl (futebol americano) com visual cenográfico e coreográfico um tudo-nada trôpego, que a sua provecta idade aconselharia a um retiro discreto de uma estrela cadente já em extinção.
Anuncia-se um novo Tour mundial que passará por Portugal, Coimbra, em 24 de Junho de 2012, e a julgar pelas vendas dos bilhetes (logo no primeiro dia de venda) Madonna continua a arrastar multidões.

***


13 fevereiro 2012

Sporting: alguém tem de dar um "murro na... mesa"!



O Sporting, no meu tempo, não havia "fitas", nem bandas, nem faixas. Era o clube com um dos mais belos "emblemas".
É chegado o momento de alguém dar um "murro na... mesa"!


***



Boa Noite, Senhor Soares

Mário Cláudio — Boa Noite, Senhor Soares. Lisboa: Dom Quixote, 2008.

Uma vez mais, Pessoa: Fernando Pessoa. Mário Cláudio deixou-se levar por este heterónimo (Bernardo Soares) e sempre que estou “cansado ou sonolento” entrego-me a esta prosa que é uma evocação pessoana ou uma alegoria sobre a juventude. Este livro é para ler, contundentemente, da primeira à última página, sem parar.




***



Adele vence seis Grammy



A artista britânica Adele foi a grande vencedora da 54.ª edição dos Grammy, com seis prémios.


***



11 fevereiro 2012

Whitney Houston (1963-2012)



Whitney Houston morreu hoje (sábado, 11) num Hotel em Beverly Hills, California, aos 48 anos.
"Whitney é reconhecida internacionalmente como uma das maiores artistas de todos os tempos, devido ao seu talento, legado e, principalmente, à sua voz marcante e lendária. Graças a esse talento vocal marcante, Whitney é frequentemente chamada de The Voice (A Voz)". in Wikipedia




 

***



10 fevereiro 2012

“Sua bênção”, Sr. Ministro das finanças…

Numa altura em que se fala de soberania ou falta dela, Vítor Gaspar tem uma conversa privada com o Ministro das Finanças, Schaeuble, onde lhe dá conta, em tom submisso a roçar a “pieguice”, do seu brilhante trabalho: “fizemos progressos substanciais no quadro europeu”.





- Sim, vocês fizeram progressos.
- Sim fizemos. E agora precisamos de trabalhar…
Foi comovente assistir à postura paternalista do Ministro das Finanças alemão, Schaeuble, e o ar curvado de Vítor Gaspar: um raro momento histórico de uma conversa privada com públicas virtudes.

***




A culpa é das "Tias"...



A culpa é das "Tias"...

PSL - O que levas no teu regaço?
R - São Rosas, sala... Salazar?
PSL -Salazar é a sua Tia!...

***


09 fevereiro 2012

As palavras de Martin Schulz




As palavras que Martin Schulz referiu aquando da visita que o primeiro-ministro português fez a Angola em Novembro, em que Passos Coelho admitiu ir à procura de capital angolano para as privatizações em curso caíram mal no seio dos governantes portugueses. Deixemo-nos de pieguices; quando um governante anda de mão estendida à caridade alheia não estará a abdicar de toda, ou parte, da sua soberania? Já não há pejo nenhum em criticar o mendigo nem interferir na “política externa alheia”. Qual é o pedinte que se pode insurgir contra a dádiva de um papo-seco?
- Vai à Merkel, moço. Ai querias o dinheirinho para ires beber uma ginjinha, vai “lamber sabão, moço”…
As palavras de Martin Schulz deverão ser lidas num contexto mais vasto: "Porque não defendemos o nosso Estado de direito, e o modelo dos direitos do homem, e uma crescente capacidade económica, para desafiar, não só do ponto de vista económico, mas também de democracia política? [...] Se não tomarmos rapidamente esta decisão, a Europa tornar-se-á irrelevante".

***


Faz-se Luz



Faz-se luz pelo processo
de eliminação de sombras
Ora as sombras existem
as sombras têm exaustiva vida própria
não dum e doutro lado da luz mas no próprio seio dela
intensamente amantes loucamente amadas
e espalham pelo chão braços de luz cinzenta
que se introduzem pelo bico nos olhos do homem

Por outro lado a sombra dita a luz
não ilumina realmente os objectos
os objectos vivem às escuras
numa perpétua aurora surrealista
com a qual não podemos contactar
senão como amantes
de olhos fechados
e lâmpadas nos dedos e na boca

Mário Cesariny, in "Pena Capital"



***

08 fevereiro 2012

"Sopa do Sidónio": um produto para exportação.

Sidónio Paes provando a "sopa"

Segundo noticia o DN, o ministro da Solidariedade e Segurança Social, Pedro Mota Soares, enalteceu hoje o trabalho de resposta social das Misericórdias, realçando que o conceito "galgou" as fronteiras nacionais" e podia até ser considerado um produto de exportação".
Discursando em Soure, passo a citar o DN, “na inauguração do lar e creche da Santa Casa da Misericórdia local, Pedro Mota Soares disse que as Misericórdias "chegam mesmo hoje a estar no estrangeiro, em todo o mundo, lá como cá sempre com um enorme sucesso".
"Nesse sentido as Misericórdias podiam até ser consideradas um produto de exportação e temos de considerar que num período de dificuldades, em que também temos nós próprios de ultrapassar as fronteiras, do ponto de vista da resposta social a resposta das Misericórdias deve ser enaltecida", disse o ministro.
"Isto deve ser celebrado, porque é de facto uma ideia de génese portuguesa, uma ideia que há 500 anos continua fiel ao seu código genético que é servir os outros, poder ajudar os outros", frisou.
Álvaro, estás perdoado!
Agora, sim, acredito na saída para a crise: “Pastéis de Belém” e, agora, a “Sopa do Sidónio”.
Meu Deus, isto não são “pieguices”… é a vil tristeza:


No mais, Musa, no mais, que a lira tenho
destemperada e a voz enrouquecida,
e não do canto, mas de ver que venho
cantar a gente surda e endurecida.
O favor com que mais se acende o engenho
não no dá a pátria, não, que está metida
no gosto da cobiça e na rudeza
duma austera, apagada e vil tristeza


Fazei, Senhor, que nunca os admirados
Alemães, Galos, Ítalos e Ingleses,
possam dizer que são para mandados,
mais que para mandar, os Portugueses.
Tomai conselho só d'experimentados,
que viram largos anos, largos meses,
que, posto que em cientes muito cabe,
mais em particular o experto sabe

Luís de Camões, Lusíadas, Canto X (estância 145/152)


***


Poesia Incompleta


imagem retirada de Tantas Páginas

Chama-se Poesia Incompleta e é a única livraria de (apenas de) poesia do país. Se não sabe onde fica siga o endereço referenciado.



***
infelizmente vai fechar: notícia

07 fevereiro 2012

Hard Times, Charles Dickens (1812-1870)


Charles Dickens 1812-1870


Porque passam hoje 200 anos (7.fev.2012) do nascimento de Charles Dickens continuam atuais os “Tempos Difíceis” tão bem retratados no seu livro: “apoiante dos pobres, dos que sofrem e dos oprimidos” – epitáfio.


***


coitadinhos [alunos], sofrem tanto



“Devemos persistir, ser exigentes, não sermos piegas e ter pena dos alunos, coitadinhos, que sofrem tanto para aprender”, ilustrou, considerando que só com “persistência”, “exigência” e “intransigência” o país terá “credibilidade”.
Isto, sim, é uma alteração substancial na política educativa: os mais fortes, os mais audazes (em se adaptarem ao meio) sobrevivem para dar origem a uma espécie mais forte (Darwinismo), o homoliberalis.
Na economia, Passos Coelho, defende a mesma teoria: os falhanços ditam a ruína dos indivíduos, das empresas, para as quais não devemos ser “piegas”…
***


Sr. Primeiro ministro não seja piegas.

Jornal de Negócios


Pedro Passos Coelho justificou hoje pela segunda vez a decisão de acabar com a tolerância de ponto no Carnaval, afirmando que o país tem que acabar com os "velhos comportamentos preguiçosos" e não sermos "piegas".
Para recordar ao senhor primeiro ministro (Regente da Srª Merkel) que o valor do trabalho não remunerado ascende a 53% do PIB nacional. E que segundo um estudo da Organização de Cooperação e Desenvolvimento Económico para 26 dos seus 34 membros:
  • Portugal é o país europeu da OCDE que mais horas trabalha.
  • A trabalharem mais do que os portugueses, na OCDE, só estão os mexicanos (9,9 horas por dia) e os japoneses (9 horas diárias). No fim do "ranking" está a Bélgica, com 7,1 horas. A média total da OCDE é de 8 horas por dia.
Sr. Primeiro ministro não seja piegas.


***




03 fevereiro 2012

carne vale: adeus alegria, haverá fado...


Passos Coelho prepara-se para dizer adeus à carne, carne vale, uma espécie de último momento de alegria. Assim, não haverá tolerância de ponto no Carnaval deste ano 2012 pondo fim aos festejos profanos antes do período triste da quaresma, que se prevê longo. Nem a Cristina Esteves ficou indiferente à defesa do fim de tudo que a carne quer e deseja por parte de Teresa Leal Coelho, atentem na imagem:

Cristina Esteves: adeus alegria, haverá fado...


***

Portugal está falido

"Os Funcionários públicos são pessoas com a pouca sorte de trabalhar numa empresa falida"

Opera buffa

Passos Coelho: Portugal só pode crescer se poupar.
Belmiro de Azevedo: a austeridade não pode ser a solução.
Passos Coelho: Os portugueses não gostam de andar de mão estendida.
Manuel Ferreira Leite: Funcionários públicos são pessoas com a pouca sorte de trabalhar numa empresa falida.
Zé povinho: quem foram os gestores desta "empresa falida"?


***





Wislawa Szymborska



As três palavras mais estranhas

"Quando pronuncio a palavra Futuro
a primeira sílaba já se perde no passado.
Quando pronuncio a palavra Silêncio
suprimo-o.
Quando pronuncio a palavra Nada
crio algo que não cabe em nenhum ser".

Wislawa Szymborska



***


"Morreu em casa, tranquila, enquanto dormia", disse o secretário pessoal da poetisa polaca, laureada em 1996 com o Nobel da Literatura. Wislawa Szymborska tinha 88 anos.







01 fevereiro 2012

bolha imobiliária na china?



A dar crédito a este video poderemos estar perto de mais uma "bolha chinesa". para reflectir...



 

***