Instagram

31 julho 2012

Ye Shiwen

YE(s)!!!

Ye Shiwen de ouro e recordista olímpica nos 200m estilos.
A nadadora chinesa Ye Shiwen, de 16 anos, conquistou nesta terça-feira a medalha de ouro e bateu o recorde olímpico dos 200m estilos, em 2m07,57s.

_____________

27 julho 2012

XXX olympic games

XXX Olympic Games
Estão abertos os XXX Jogos Olímpicos de Verão da era moderna: citius altius fortius.

Telma Monteiro

24 julho 2012

"Que se lixem... as eleições"

DN

Se o braço direito (Relvas, o doutor) anda "à procura do conhecimento permanente", Passos Coelho anda em maré de azar fugindo-lhe, mais uma vez, o pé para o chinelo: “que se lixem as eleições, estou muito certo do caminho que quero seguir”. Já ouvimos dizer ao Dr. Salazar que o “bem da nação” passava pelo caminho traçado por douta inteligência, sem democracia. Passos não vai tão longe, mas ofendeu quem o elegeu e injuria todos aqueles que discordam ou passaram a discordar dele. Um primeiro-ministro eleito tem como dever e missão trabalhar a bem da comunidade e submeter o seu exercício ao juízo final dos eleitores com a elevação que a democracia o exige. O Sr. Primeiro-ministro ao dizer “que se lixem as eleições” ofendeu os eleitores, os portugueses… já imaginou os médicos dizerem “que se lixem” os doentes o que interessa é Sistema Nacional de Saúde?
Há coisas que se aprendem no berço, outras na escola. O Sr. Primeiro-ministro talvez seja de uma geração cujo conhecimento e valores resultam de “equivalências”.
______________

17 julho 2012

AnaMAR vídeo

Projecto: "não é pecado"
Precisamos de modelos para chapinhar no mar: "não é pecado".

nota: resposta por e.mail ou no facebook
_______

14 julho 2012

Viatura do Estado



A identificação visível deveria ser obrigatória em TODAS as viaturas do Estado incluindo as empresas com capital público. Os contribuintes agradecem.
____________

12 julho 2012

Relvas dixit

Fotografia: @Paulo Cordeiro/Lusa

"A minha vida sempre se pautou pela procura permanente do conhecimento”. Relvas dixit

______


Professores indignados

Público

Numa altura em que tanto se fala dos privilégios da Função Pública e do direito ao emprego garantido dos seus trabalhadores, vinte mil professores poderão (irão) ser despedidos, certamente. Médicos e Enfermeiros contratados a empresas intermediárias são pagos a 3,96 euros à hora, sem vínculo nenhum. A precariedade do emprego e os baixos salários não são exclusivos dos trabalhadores do sector privado, desmentindo assim a maior parte dos fazedores de opinião.  Não era esta a principal exigência dos trabalhadores do sector privado para partilharem do esforço de consolidação das contas públicas precisado pelo acórdão do Tribunal Constitucional?
Um governo cujo objectivo principal é o empobrecimento dos portugueses tem agora outro desígnio: acabar com a democratização da educação. O mau estar instalado nos professores aliado às medidas antipedagógicas a serem implementadas no próximo ano lectivo, o aumento de alunos por turma, a eliminação de algumas disciplinas e a redução da carga horária, levará ao descrédito da escola pública. Aliás, a desvalorização da escola está bem patente na anuência e na indiferença como a massa crítica e os políticos encaram as licenciaturas tiradas nas universidades: basta um bom curriculum partidário…
____________

Women in Film

_____________

09 julho 2012

O lado oculto de Dias Loureiro

Jornal Económico
O jornal nota que a descoberta dos documentos ocorreu “por acaso” e foi “uma surpresa” para os investigadores e magistrados, e inclui também um livro de Dias Loureiro com um apanhado da sua actividade empresarial, o qual o próprio Dias Loureiro dizia “não saber” onde se encontrava. (fim de citação)


_________________


08 julho 2012

06 julho 2012

Aqui D'el rei, aqui D'el rei!

Lá vem a nau Catrineta
Que tem muito que contar!
Ouvide, agora, senhores,
Uma história de pasmar.

...

Os cortes dos subsídios de férias e de natal aos funcionários públicos foram considerados inconstitucionais: o princípio de equidade e igualdade foi violado. E o violador vai atacar em maior escala.
«O PSD defendeu hoje que, perante a inconstitucionalidade dos cortes nos subsídios de férias e de Natal dos trabalhadores do sector público e pensionistas, terão de ser adoptadas medidas que não se dirijam apenas a estes cidadãos.» JNegócios
Aqui d’el rei, estão a querer ir ao bolso dos trabalhadores do sector privado. Aqui d’el rei, retirem as pensões daqueles que passaram a vida inteira a descontar para o estado. Aqui d’el rei, os trabalhadores do sector público têm regalias que mais nenhum outro consegue almejar. Aqui d’el rei, eles (os trabalhadores do sector público) personificam o mal da nossa economia e bem-estar. Aqui d’el rei, eles ganham mais do que os privados. Aqui d’el rei, eles não podem ser despedidos (os juízes, os procuradores, os polícias, os militares, os médicos, os enfermeiros, os professores, etc…). Aqui d’el rei, paguem-lhes 3,94€ à hora! Façam contratos sem vínculo, como o dos professores que vão para o desemprego (milhares) no final deste ano lectivo! Dispensem os médicos, os enfermeiros, que temos a mais nos hospitais. Despeçam os polícias que não servem para nada, e os juízes também. Acabem com tudo!
Será que a maioria dos políticos, analistas e comentadores sabem do que estão a falar?
Jornal de Negócios

____________

04 julho 2012

Sim, "setor" Relvas

Público
Novas oportunidades ou oportunidades únicas
Um licenciado em Letras não o faz letrado, um licenciado em Ciência Política e Relações Internacionais não o faz político. Por que razão Miguel Relvas necessitou de uma oportunidade única de tirar uma licenciatura?
Segundo noticia o Público «o ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares Miguel Relvas requereu a sua admissão à Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias (Lisboa) em Setembro de 2006. E concluiu uma licenciatura em Ciência Política e Relações Internacionais em Outubro de 2007, com 11 de classificação final. O curso tem um plano de estudos de 36 cadeiras semestrais, distribuídas por três anos. O presidente da Associação Portuguesa do Ensino Superior Privado (Apesp), João Redondo, diz que fazer uma licenciatura de três anos só num ano “não é de todo vulgar”».
O que se tornou vulgar é ver algumas “prestigiosas” Faculdades de ensino privado dar licenciaturas ao domingo, ao fim-de-semana, ou por correspondência. O Sr. Relvas não passou pelas “novas oportunidades” teve uma oportunidade única: ser doutor. Ó “Setor” Relvas, o senhor não gostava de ser tratado por um Médico com uma licenciatura de um ano, pois não?
_____________

03 julho 2012

02 julho 2012

Lua cheia





Pormenores e mais pormenores, os mais próximos de sempre. É o que se pode ver neste vídeo divulgado pela agência espacial norte-americana, Nasa.
A Lua encontra-se a 356 mil quilómetros da Terra e o vídeo mostra uma enorme cratera da Terra, com um diâmetro aproximadamente do tamanho de metade dos Estados Unidos da América, segundo o vídeo. (DN)
________

01 julho 2012

Passos vai taxar as idas à praia

Público
Por uma questão de credibilidade externa e custe o que custar o Governo vai mais longe na austeridade imposta aos portugueses do que as metas determinadas pela troika.
Há quem diga que Passos, com as contas sem controlo para atingir o défice 4,5% do PIB pretendido para este ano, vai cortar um subsídio a todos os trabalhadores: para o próximo ano vai taxar as idas à praia de todos os veraneantes.

_______